AS METÁFORAS DO COTIDIANO
15/02/2016 17:31 em Book Review

 

 

 

A publicitária Márcia Bastian Falkenbach, 33 anos, é conhecida no circuito literário como Maya Falks, ganhadora de 13 prêmios literários – recentemente um conto seu, que trata da desigualdade social e do racismo, foi duplamente premiado – e um livro publicado, Depois de tudo (Editora Autografia, 2015), romance de ficção que aborda causas sociais. 

Embora goste muito de falar sobre amor, não hesita em abordar temas de militância em seus contos, crônicas e poesias (entrevista ao blog http://www.alanatamira.com), “sempre cercada de uma biblioteca que nunca para de crescer”.

Lembra que desde sua infância esteve envolvida com a literatura. Seu primeiro contato com os livros foi com Batalhão das letras, do poeta alegretense Mario Quintana, no qual aproveitava as páginas em branco para “rabiscar” suas próprias historietas.

Aos sete, já escrevera o primeiro romance e, aos 11, o segundo. Como é comum entre os adolescentes, arriscou-se na poesia, depois nos contos, enquanto planejava uma carreira internacional até os 15 anos. “Bom, nada aconteceu”, diz, bem humorada.

Dona de uma temática romântica, ao mesmo tempo considera-se “sombria, focando nas tragédias cotidianas da desilusão, depressão e suicídio”. Estes dois são temas comuns porque, “em muitas vezes, são justamente a consequência do preconceito e da discriminação”, disse, em entrevista ao blog http://www.alanatamira.com. Além disso, também faz uso da temática da nostalgia e das reflexões metafóricas.

Apreciadora do poeta Gonçalves Dias e da romancista Letícia Wierzschowski, em seu entender ainda tem muito a mostrar. “Apesar dos meus 30 anos de dedicação à literatura, estou certa de que o melhor ainda está por vir.”

 

 

TRECHO DE DEPOIS DE TUDO (2015)

 

 

 

E se o amor da sua vida fosse justamente a pessoa errada?

Essa é uma história que poderia ser a sua.

Nem todos os amores acontecem de forma romântica e tranquila. Júlia sabe bem disso e sente na pele quando os problemas com o pai perturbado arrancam de sua vida aquele que acreditava ser seu grande
amor.

Toni, casado e pai de família, se sente incompleto, não encontra em sua esposa aquele amor que desejava para sua vida.

É nesse contexto que a vida de Toni e Júlia se cruzam mais uma vez. E dessa vez muita coisa pode mudar, não apenas para eles, mas para todos ao seu redor.

Toni e Júlia não vivem somente uma história de amor, mas de escolhas, desafios e a busca pelo sonhado final feliz.”

 

 

 

Dinarte Albuquerque Filho

Jornalista

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!