CADA UM COM SEU RAUL
07/03/2021 11:11 em Poema

 

Cada um com seu RAUL

O rock and roll mentiu desde seu nascimento

Branquinho pobre, eu lamento

 

Vista seu uniforme da miséria

Hoje vamos dedetizar cabeças pensantes

Branquinho pobre, vamos exterminar ideias

Seu voto pela segurança resultou em fascismo

Na decapitação de magos e bruxas

No fim da mitologia

 

Branquinho pobre cuidado para não pisar em suas orelhas murchas

Sete círculos de atrocidades para cada cidade

Branquinho pobre, a verdade que você pagou para ter

Nunca foi verdade.

 

Oi verdade

Vá se foder.

 

 

 

 EVERTON Luiz CIDADE

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!