Revista Rockpedia
O cara
04/02/2020 07:23 em Poema

Cimentado o dia

A dia

Fez o que podia

Com o que tinha

Nunca teve muito

Só pra assunto

De bar padaria

Se cobriu de papel pardo

E dançou sozinho

Como sempre esteve

Na avenida vazia

A noite aumentou

Se esticou

Ele ralhou o raiar do dia

Apesar da catarse da folia

Ele ainda só tinha o que tinha.

 

 

 

 

 

 

 Everton Luiz CIDADE

COMENTÁRIOS