Revista Rockpedia
PEGUE
23/12/2019 15:45 em Poema

 

É desventura

Que

Agouro o que?

Que acaba

É bastante

A gente

Pela gente

Glória dada

Glória ida

Conquistada

Uma saída

De si

Ao barato

Do ato

De ser gigante

De ser cosmos

De deus

Ser um dos nossos

E tu

Ser eu e eu ser tu

Em tudo

Que parecia

Não sermos

Sendo infinitamente

Os mesmos.

 

 

 

Everton Luiz Cidade

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!