Que me restou de gentileza
23/08/2019 12:07 em Poema

Que me restou de gentileza

E um bocado de loucura santa

Hesitante na noite

Das vogais

Acordados

Em carros estacionados

Nossos anfitriões estão no banheiro

Memorizando um poema

Sobre fossas

A felicidade foi de novo achada

Impressa no sol.

 

 

 

 

 

 

Everton Luiz Cidade - Compositor, escritor e poeta, Socio-proprietário na Pulperia Roupas, livros música e arte - São João  1140 -São Leopoldo

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!