Revista Rockpedia » Poema

 

Últimas notícias

Máquina dos Minutos Taurus

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018 às 9:46

Jóia de girassóis de cada nós na aurora veloz

Tentarei chegar aos tentáculos dos cisnes pétulas

No movimento peristáltico de um deus corpo objeto

Parte de mim, servo abjeto da pia batismal das cédulas

As costas do meu amor vão do desejo até o futuro

Curva - fogo todo todo mão afago

Manhã - gato no prédio  endurecido de trago  

Afôgo - afógo  meu querubim de mim  e me curo

E me largo

Enrugado e enluarado ainda de ontem toda vida

No delírio me dê uma mexida

Pra verificar se ainda existo

Aves de rapina aspirina - quente mixto

Abismei o veneno cá do alto do viaduto

Num tempo parte ido

Em tua medula nébula

Nosso mecenas nunca visto.

 

 

 Everton Luiz Cidade - Compositor, escritor e poeta, Socio-proprietário na Pulperia Roupas, livros música e arte - São João  1140 -São Leopoldo

© Rockpedia A RÁDIO ROCK
BRLOGIC